Jump to content


Photo

Viver Da Renda De Sites


  • Faça o login para participar
61 replies to this topic

#16 gaguinho

gaguinho

    Yankes, go Rome!

  • Usuários
  • 1496 posts
  • Sexo:Masculino
  • Localidade:Longe demais

Posted 24/08/2006, 20:45

Eu acho que todos tem um pouco de razão nos comentários acima. Mas nunca podemos comparar o pobre mercado brasileiro com o 1º Mundo.

Se meu site fosse em inglês, e com o tamanho atual, eu teria mais de U$2.000 entrando todo mês. :(

Enfim...

Mas creio que há muito amadorismo na WEB brasuca. Eu mesmo comecei assim, por diversão e tal... De uns tempos pra cá resolvi levar a sério o site e já tive ótimos resultados. Mesmo em reais...

Mesmo porque, eu fiquei pensando, se uma empresa de Internet comprasse meu site e desse uma profissionalizada nele, poderia quadruplicar as visitas e até lucrar com ele.
Daí resolvi eu mesmo cuidar melhor. Não tenho a menor intenção de vender. Mas eu até compraria um site meio "paradinho" e que tivesse um bom potencial de crescimento. Daí é trabalhar muito nele e ver o retorno.
Sem senha não vou a LOGAR algum (Gaguinho)

Estratégia e Dominação

#17 ARACNIDEO_

ARACNIDEO_

    rede aranha...

  • Usuários
  • 684 posts
  • Sexo:Masculino
  • Localidade:Goiânia - Goiás

Posted 24/08/2006, 22:39

Na semana que entra estou dando entrada a um grande passo da minha vida, estou de fato juntando minha vontade comer com a comida, vou lançar minha empresa, na web, ja peguei alguns cases e etcs, e estou juntando as pessoas que ja abitualmente trabalha comigo com um extra para poder entrar no projeto de cara, logicamente, todos continuaram em seus empregos, mais vamos entrar na empreitada do desenvolvimento.



Se a internet brasileira não lhe proporciona, faça ela lhe proporcionar isso.


"Faça diferente e faça a diferença!"

Edição feita por: ARACNIDEO_, 24/08/2006, 22:40.


#18 Gilfil

Gilfil

    ueba.com.br

  • Usuários
  • 120 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 25/08/2006, 10:50

Se a internet brasileira não lhe proporciona, faça ela lhe proporcionar isso.


"Faça diferente e faça a diferença!"



Não resta dúvidas de que o que você escreveu é muito bonito e muito incentivador.

Mas eu sou pragmático: quero ganhar dinheiro. E ganho muito mais atendendo ao público estrangeiro.
Gilberto "Knuttz" Soares Filho

Uêba- Links comentados - O maior referenciador independente da internet brasileira
Cybervida - falando de hospedagem, sites e bobagens
Xpock - vídeos selecionados

#19 ARACNIDEO_

ARACNIDEO_

    rede aranha...

  • Usuários
  • 684 posts
  • Sexo:Masculino
  • Localidade:Goiânia - Goiás

Posted 25/08/2006, 20:14

Certo, mais uma coisa, que aprendi, é que quando, nos focamos em um ponto, e este ponto é positivo, e "frutifero" o dinheiro é conseguencia.

#20 Gilfil

Gilfil

    ueba.com.br

  • Usuários
  • 120 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 26/08/2006, 00:07

Cara, esse lance auto-ajuda, "faça que ele virá" não é muito comigo não.

O Uêba tem 4 anos, entre 2002 e 2005 eu pastei tentando ganhar dinheiro com mercado nacional. De dezembro de 2005 para eu parti com força para o mercado internacional.

O que eu ganhei nestes primeiros 25 dias de agosto, já me renderam mais que eu ganhei entre junho de 2002 e dezembro de 2005.


Hoje eu não vejo justificativa financeira para entrar de cabeça no mercado nacional, quando eu ver um programa que me permita ganhar perto do que eu ganho no exterior, eu mudo de idéia.
Gilberto "Knuttz" Soares Filho

Uêba- Links comentados - O maior referenciador independente da internet brasileira
Cybervida - falando de hospedagem, sites e bobagens
Xpock - vídeos selecionados

#21 S.Phoenix

S.Phoenix

    Turista

  • Usuários
  • 44 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 27/08/2006, 19:11

Muito bom esse debate :D

O GillFill aí está muito certo. O mercado de afiliados internacional dá muito mais retorno financeiro que o nacional.

Agora, isso se dá ao tamanho do mercado nacional. Os Mercados Internacionais não só são maiores, como estão consolidados na questão de efetuar compras pela internet. A maioria dos Brasileiros não confia na internet, como um meio seguro de efetuar compras. Apesar de confiarem na internet, como forma de obtenção de informação, no caso de compras efetivamente esse confiança se extingue. Então, efetivamente, o mercado internacional é uma solução maior e melhor.

Mas o que temos que observar é que o mercado brasileiro tem grande potencial. Então aqueles que largarem na frente aki vão se dar bem.

O que muitos que sabem inglês e que não são os mais criativos do país fazem é trazer para o Brasil, opções que só existam lá fora. Por exemplo o Mercado Livre. Antes, tinha o ebay lá fora, e nada parecido aki. Então o carinha criou aqui. O Paypal existe a muito tempo lá fora, agora veio outro e criou o BrPay. É assim que a banda toca.

Temos que entender que ter uma mente muito criativa para inovar e criar coisas como o paypal , o youtube (que são dos mesmos criadores do paypal - salvo engano), etc etc... é dificil. Temos que tentar trazer alguma coisa que só exista em inglês para o público portuguese-speaker.

Viver só de sites dá? Dá! hehehe

E comprar sites para trabalhar neles como o Gaguinho falou, dá? Dá

Temos que ver que cada um é cada um. Pense no site como um carro. Se você já gastou dinheiro no site, já perdeu a paciência, e não consegue melhorá-lo: PASSE-O pra frente.
Assim como um carro que tem vários problemas, e cai na mão de um bom mecanico (ou entendido) e que dá akela geral no carro, e acaba tunando ele e tudo mais; o site é da mesma forma. Vai que cai na mão de um cara que tem tempo, conhecimento, e vontade: Dá pra deslanchar!!

Abração


#22 Ghedin

Ghedin

    Repita comigo...

  • Usuários
  • 254 posts
  • Sexo:Não informado
  • Localidade:Paranavaí-PR

Posted 28/08/2006, 18:54

Gilfil, uma pergunta, que entenderei caso não queira responder: o que você fez, ou faz, exatamente, para atrair público estrangeiro, já que, até onde vi, o Uêba é "only-portuguese"?

[]'s!

#23 Gilfil

Gilfil

    ueba.com.br

  • Usuários
  • 120 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 28/08/2006, 19:40

Gilfil, uma pergunta, que entenderei caso não queira responder: o que você fez, ou faz, exatamente, para atrair público estrangeiro, já que, até onde vi, o Uêba é "only-portuguese"?

[]'s!



Cara, de fato eu não vou entrar em muitos detalhes, por dois motivos: um porque segredo é a alma do negócio, e outro porque eu uso várias estratégias de marketing de guerrilha (Por exemplo, esse cara aqui tava consumindo 6mbps de banda minha, como eu tenho como detectar isso rapidamente, eu o converti em um anunciante com mod_rewrite).

E outra, não é só o Uêba.com.br não...

Tenho dois sites em inglês: Ueba.net e knuttz.net (ou knuttz.org).

Quando eu notei que tinha muita gente vindo de fora para ver os links que eu postava no Uêba, eu criei o Ueba.net e passei a filtrar todo o tráfego que viesse de IPs estrangeiros para esse site. De uns pouos meses para cá, eu comecei a trabalhar o knuttz.net, que segue formato de Blog, e é mais aceito pelos gringos, já que para eles o Uêba é apenas o que é: uma imitação do formato Fark.

Uma coisa que faço, é enviar links para sites que tem capacidade de gerar tráfego, por exemplo, *este mês* estive quatro vezes na página principal do Fark e uma na do Digg, cheguei à um pico de 148.000 uniques (medido pelo Google Analytics)


Comecei à trabalhar o knuttz.net porque vou transformar ele em ponta de lança para uma rede de blogs em inglês que estou pretendendo montar junto à redatores nacionais, mais ou menos no esquema, o cara entra com o conteúdo (em inglês), eu entro com a estrutura e a programação completa.

*edit*
E pago para o cara blogar, baseado em tráfego.
*/edit*
;)

Edição feita por: Gilfil, 28/08/2006, 19:47.

Gilberto "Knuttz" Soares Filho

Uêba- Links comentados - O maior referenciador independente da internet brasileira
Cybervida - falando de hospedagem, sites e bobagens
Xpock - vídeos selecionados

#24 Ghedin

Ghedin

    Repita comigo...

  • Usuários
  • 254 posts
  • Sexo:Não informado
  • Localidade:Paranavaí-PR

Posted 29/08/2006, 13:53

Esse esquema de filtrar visitantes estrangeiros para outro site, como é feito? PHP? Seria abuso de minha parte pedir o código? :P.

[]'s

#25 Gilfil

Gilfil

    ueba.com.br

  • Usuários
  • 120 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 29/08/2006, 14:51

Eu uso um esquema beeeeeeemmmm primário, mesmo porque eu gerei um esquema em que se a pessoa que quiser ver o Uêba em português, ela pode se "cookar" no Uêba.net e fazer by pass no sistema de direcionamento.

Logicamente, se você quiser fazer uma coisa requintada, pode pegar uma base de dados de sei-lá-quantas-dezenas-de-milhares de IPs, e filtrar quem fala ou não português... mas eu sou adepto da navalha de Occam, e do KISS que deriva dela ;)


	$remoto = getenv("REMOTE_ADDR");
	$remoto = substr($remoto, 0, 3);

		if ( ( $remoto == 200  ||  $remoto == 201  ||  $remoto == 143  ||  $remoto == 150  ||  $remoto == 161 ) && !$cookie_be_pass ){
			header("location: http://ueba.net");
		}

Edição feita por: Gilfil, 29/08/2006, 14:54.

Gilberto "Knuttz" Soares Filho

Uêba- Links comentados - O maior referenciador independente da internet brasileira
Cybervida - falando de hospedagem, sites e bobagens
Xpock - vídeos selecionados

#26 Ghedin

Ghedin

    Repita comigo...

  • Usuários
  • 254 posts
  • Sexo:Não informado
  • Localidade:Paranavaí-PR

Posted 29/08/2006, 16:40

Desculpe minha ignorância em PHP, mas este código em que parte da página? E é necessário colocá-lo em todas as páginas do site?

[]'s

#27 bota-pb

bota-pb

    Turista

  • Usuários
  • 57 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 29/08/2006, 16:48

Fazendo sites pelo menos "decentes" (eu entrei tbm nesse negócio por curiosidade), ainda não posso cobrir despesas pessoais, apenas dá para manter, com tranquilidade, a hospedagem e domínios dos meus sites.

Só no final de 2005 é que pude comprar algumas coisas para mim com a renda de sites (com o Buscapé), mas nada que aumentasse consideravelmente minha renda mensal.

Eu acho que viver rendas de sites não é um risco, e sim o risco é o tempo, o dinheiro e o trabalho que te dá até chegar nesse patamar.

Chegando lá, você já é considero um profissional de sucesso, que se continuar nessa, vai ganhar mais e mais.

Na minha opinião, comprar vários sites é sim uma boa, mas você tem q pensar direitinho se tem condições de desenvolver o site e até, se você tem identificação com o mesmo.

Uma coisa é você desenvolver um site para um cliente (seja lá de que área for), outra é comprar um site de um assunto totalmente fora da sua realidade.

Essa é a minha opinião. Com muito trabalho e criatividade dá sim para viver de renda com os sites...

#28 Gilfil

Gilfil

    ueba.com.br

  • Usuários
  • 120 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 29/08/2006, 18:05

Desculpe minha ignorância em PHP, mas este código em que parte da página? E é necessário colocá-lo em todas as páginas do site?

[]'s



Cara, tem que ficar no começo da página, já que o "header()" tem que ser enviando antes de qualquer outra instrução para que funcione.

Eu coloco no começo do meu index.php .
Gilberto "Knuttz" Soares Filho

Uêba- Links comentados - O maior referenciador independente da internet brasileira
Cybervida - falando de hospedagem, sites e bobagens
Xpock - vídeos selecionados

#29 Ghedin

Ghedin

    Repita comigo...

  • Usuários
  • 254 posts
  • Sexo:Não informado
  • Localidade:Paranavaí-PR

Posted 29/08/2006, 22:57

Nessas horas eu amo o WordPress :). Então, coloco antes da tag <html>, e boa? Ótimo!

[]'s

#30 Hyoga(AC)

Hyoga(AC)

    Normal

  • Usuários
  • 115 posts
  • Sexo:Não informado

Posted 30/08/2006, 17:40

Quais tipos de site que rendem mais dinheiro?
Quero dizer, em matéria de conteudo...

E o que rende dinheiro a vocês?
São os cliques que os usuarios dao no ADS Google, mercado livre, essas coisas?
Anunciantes q pagam pra anunciar no site de vocês?

Ou mesmo usuários que pagam para utilizar o site?




0 user(s) are reading this topic

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)

IPB Skin By Virteq