Jump to content


Mister_Magoo

Member Since 24/03/2017
Offline Last Active 23/04/2017, 08:14
-----

Topics I've Started

Como descobrimos nossos defeitos e como os mudamos

19/04/2017, 14:56

As palavras que resumem o conteúdo desse artigo: A situação e a necessidade.

 

Primeiro que precisamos de situações favoráveis para descobrirmos novos defeitos e, claro, novas qualidades. Segundo que só mudamos os defeitos quando sentimos que devemos mudá-los e isso implica em perceber que a não mudança acarretará em algum prejuízo para nós próprios.

 

Como eu já trabalhei com vendas tinha muitos defeitos gerados por vícios de outras empresas e atrapalhava nas minhas vendas e todo vendedor sabe da importância de como fazer venda realizada.

 

Eu gosto de enxergar todos os defeitos como simples características. O que define se é ou não um defeito são as situações que nos expomos e as pessoas que estão perto de nós.

 

Portanto, assumir a arrogância, por exemplo, como um defeito, só será necessário quando a forma prepotente de se expressar passar a ser prejudicial, do contrário, limita-se a uma mera característica.

 

E por que eu enxergo um defeito como uma simples característica?

 

Pela razão que descrevi acima: as situações. Se você estiver em um ambiente que, digamos, não aflore este seu defeito, ninguém irá notá-lo, talvez nem você. Ou se você estiver em algum lugar em que as pessoas considerem arrogância uma característica comum, não haverá razões para mudar.

 

Agora, se sua característica não condizer com o ambiente ou com as pessoas próximas, certamente este é um defeito e precisa ser mudado. Pois não se adequa ao lugar em que você está.

 

Certo?

 

Quando você se der conta disso, certamente se prontificará em mudar esse comportamento. Aí está uma situação que te faz encostar num defeito seu e que ao mesmo tempo exige uma mudança pois o contrário terá um único prejudicado: você mesmo.

 

E o grande responsável pelas mudanças é o medo de perder, de se prejudicar. Só mudamos algo se notamos que seremos prejudicados, que iremos perder algo que seja de valor para nós, que seja importante.

 

Então a condição para descobrirmos é o meio, e a mudança é a necessidade.


COMO ATRAIR E FIDELIZAR LEITORES PARA O SEU BLOG

19/04/2017, 14:50

A grande dificuldade que a maioria dos blogueiros tem é de gerar tráfego para o seu blog. Mas além de atrair visitantes é preciso fazer com que os leitores se interessem pelo seu conteúdo, para que eles voltem todos os dias, ou várias vezes por dia fazendo com quê o seu tráfego aumente.

De nada adianta ter visitas novas todos os dias, se elas não se renovarem ou até mesmo não converter em vendas ou cliques em programas de afiliados.. O leitor de hoje precisa voltar amanhã, depois de amanhã e sempre. É necessário criar um público fiel para que eles continuem acessando o seu conteúdo. Hoje vou te dar 8 dicas de como atrair mais visitantes e fideliza-los.

Poste com frequência

Quando alguém se interessar pelo seu conteúdo, sentirá vontade de voltar mais vezes, e nada mais chato do que entrar em um blog e vê-lo desatualizado. O leitor logo perderá o interesse e não vai voltar. Poste pelo menos 3 vezes por semana e quando não der, avise o motivo pelas redes sociais.

Responda os comentários

Só quem é blogueiro sabe da alegria que é em ver um comentário num artigo que levou horas para ser elaborado. Ninguém gosta de ficar no vácuo. Por isso, responda seus leitores, mostre interesse no problema dele, e dê a solução.  

Esteja sempre pronto para ajudar

Acontece e muito do leitor optar em enviar um e-mail relatando algum problema, pedindo ajuda ou um conselho. Esteja pronto para ajuda-lo. Nunca deixe o leitor esperando, sem a resposta que ele tanto precisa. Lembre-se sempre em: Fazer o bem sem olhar a quem!

Dê praticidade ao leitor

Não se limite apenas no blog. Esteja nas redes sociais, como facebook, twitter, instagram e google+. Essas mídias possuem aplicativos para celular, e hoje em dia a maioria das pessoas optam por acessar a internet pelo dispositivo móvel, e você precisa dar essa praticidade a elas. E nunca se esqueça de atualiza-las, sempre que postar algo novo no blog.

Poste conteúdo de qualidade

De nada adianta ter um layout profissional, domínio personalizado, se o seu conteúdo é de péssima qualidade. Invista em tempo para estudar sobre os assuntos que deseja abordar no blog, obtenha mais conhecimento, pois quando surgir uma dúvida do seu leitor, você saberá a resposta sem titubear. Com conteúdo de qualidade, você gera credibilidade.

Ofereça conteúdo exclusivo

Um ótima técnica para fidelizar leitores é oferecer algum material exclusivo. Seja por redes sociais ou pela newsletter. Por exemplo: não lote sua fan page de links do blog, o leitor quer algo a mais, publique postagens exclusivas somente na fan page, compartilhe imagens e vídeos que fazem parte do seu nicho. Promova interação entre seus leitores e movimente suas mídias sociais.

Publique o que seu leitor quer ler

Para ter uma noção do que seu leitor gosta de ler, é necessário fazer uma pesquisa de público. Quando você descobrir, poste com frequência os assuntos que os seus visitantes mais gostam, sem ser repetitivo e recente descobri que os jovens tem muito interesse na plataforma afiliados g2a e já escrevi um artigo para esse público..

Conheça seu público alvo

Saber quem é o seu leitor é fundamental. Por exemplo: Meus leitores são blogueiras que estão em busca de conhecimento para melhorar o desenvolvimento do seu blog. Elas querem aprender sobre, SEO, sobre como ganhar dinheiro com o blog, como conquistar parcerias e tudo que envolve esse universo. Por isso sairá do meu nicho, caso eu publique algum artigo sobre "Tendências para o verão" ou  "Esmalte da semana".

É preciso ter foco! Mesmo que seus leitores queiram saber mais sobre você, queiram vídeos ou posts que falem da sua vida pessoal, você não pode esquecer do assunto principal do blog, pois terão leitores que não vão querer saber sobre outro assunto, a não ser sobre o seu nicho.


CONCLUSÃO

É importante para o seu blog, ter leitores fiéis, pois serão eles que vão interagir, divulgar e seguir seu blog, ajudando no crescimento. Não existe um botão mágico que a gente aperta, e o milagre acontece. É preciso trabalhar arduamente, sem medo, e sem perder o foco. Use essas dicas e verá resultados imediatos.

Gostou das dicas? Compartilhe conosco suas técnicas para atrair mais visitantes e deixe a sua opinião nos comentários.


Como descobrimos nossos defeitos e como os mudamos

19/04/2017, 13:37

Duas palavras resumem o conteúdo do post: situação e necessidade.

 

Primeiro precisamos de situações favoráveis para descobrirmos novos defeitos e, claro, novas qualidades.

 

Segundo que só mudamos os defeitos quando sentimos que devemos mudá-los e isso implica em perceber que a não mudança acarretará em algum prejuízo para nós próprios e vou citar o caso de uma pessoa que eu conheci que trabalhava com polimento de mármores. Ele não sabia como atender o seu público e sempre reclamava que não entrava dinheiro. Onde será que estava o problema?

 

Eu gosto de enxergar todos os defeitos como simples características. O que define se é ou não um defeito são as situações que nos expomos e as pessoas que estão perto de nós.

 

Portanto, assumir a arrogância, por exemplo, como um defeito, só será necessário quando a forma prepotente de se expressar passar a ser prejudicial, do contrário, limita-se a uma mera característica.

 

E por que eu enxergo um defeito como uma simples característica? Pela razão que descrevi acima: as situações. Se você estiver em um ambiente que, digamos, não aflore este seu defeito, ninguém irá notá-lo, talvez nem você.

 

Ou se você estiver em algum lugar em que as pessoas considerem arrogância uma característica comum, não haverá razões para mudar. Agora, se sua característica não condizer com o ambiente ou com as pessoas próximas, certamente este é um defeito e precisa ser mudado.

 

Pois não se adequa ao lugar em que você está.

 

Certo?

 

Quando você se der conta disso, certamente se prontificará em mudar esse comportamento. Aí está uma situação que te faz encostar num defeito seu e que ao mesmo tempo exige uma mudança pois o contrário terá um único prejudicado: você mesmo.

 

E o grande responsável pelas mudanças é o medo de perder, de se prejudicar. Só mudamos algo se notamos que seremos prejudicados, que iremos perder algo que seja de valor para nós, que seja importante.

 

Então a condição para descobrirmos é o meio, e a mudança é a necessidade.

 

Não existe dificuldade, só nos falta a ponte.

 

Quer ser multitarefa?

 

Comece por prioridades.


Bom rir da desgraça alheia - Vamos combinar

19/04/2017, 13:22

Carnavalzão já passou, mas a imagem No carnaval, as mina pira; em novembro, as mina pari continua circulando por aí. E eu achei de uma inteligência incabível tanto a imagem como todas as pessoas que compartilharam-na em seus perfis. (ironia)

 

Vamos refletir: Se todos que compartilharam a imagem concordam que muitas MENINAS engravidam indesejadamente no carnaval é porque também devem saber (nós esperamos, né?) que muito pouco se fala abertamente sobre sexo, prevenção e afins.

 

E pior, enquanto pouco se fala sobre assuntos extremamente importantes e de um impacto imenso na vida da menina, pouco se tem consciência a respeito de quem compartilha a imagem em como esse impacto na vida da menina impacta em nossas vidas. Ahá!

 

Mas impacta em quê?

 

Talvez você se questione. Bom, vejamos: a maioria dessas meninas fará o pré-natal pelo SUS; qualquer problema que a menina venha a ter de saúde durante a gestação, ela recorrerá ao SUS; caso ela seja negligente e não faça o pré-natal, há o risco da criança nascer com problemas e esses problemas serão tratados pela saúde pública e; se a menina tentar abortar e como consequência adquirir uma infecção ou qualquer outra complicação devido ao aborto, mais uma vez será à saúde pública que ela recorrerá.

 

Até aí, tudo bem, afinal é público e todos têm esse direito.

 

Mas quem é que banca mesmo?

 

É o dinheiro de nossos impostos, certo?

 

Aí você vem me compartilhar aquela imagem demonstrando se divertir e ser conivente com uma realidade gerada pela desinformação?

 

Me refiro a ser conivente pois você está bancando o pré-natal dessas meninas (calma, não estou criticando isso não) e ri disso.

 

Seria algo mais ou menos assim: eu pago para rir da desgraça alheia. haha. Céus, será que só para mim que isso parece ser um absurdo??

 

Ok, e daí do mimimi todo que eu fiz?

 

Penso que as pessoas em vez de meterem o pau na educação, na qualidade da saúde pública e qualquer outra coisa que seja pública, poderiam divulgar imagens informativas, educativas ou mesmo tomarem a iniciativa de orientar quem não possui informação.

 

Pois aí, penso eu, em vez de você saber que seu dinheiro será destinado ao pré-natal, à educação de um filho indesejado ou até ao cuidado de uma criança abandonada, você saberá que seu dinheiro será usado para distribuição gratuita de métodos contraceptivos e melhor divulgação e orientação sobre planejamento familiar e uma vez conheci um pai que trabalhava na área ensinando Como Polir Mármore e sua filha uma menina de 14 anos grávida e o pai da criança sumiu no mapa.

 

Sem contar que um filho indesejado pode gerar algo provável: a má educação desse filho que terá como consequência mais um desempregado, mais um bandido ou usuário de drogas mas, ainda que não ocorram coisas tão trágicas, será mais uma pessoa com possíveis poucas oportunidades e com alguns traumas de família.

 

Tem certeza que é isso que você quer divulgar no seu Facebook? E é disso que você quer rir no carnaval?

 

Eu sei que há quem diga: nossa, mas você está sendo muito chata e muito exigente com uma brincadeira, uma descontração de rede-social.

O problema não está na brincadeira em si, é que com o meu trabalho eu acabo visitando muitos perfis no Facebook e eu não vi uma imagem que vá contra essa que foi extremamente divulgada. Ou seja, em nenhum momento eu vi um pingo de reflexão ou alguma reação que induzisse a reflexão nas pessoas.


4 MEIOS DE GANHAR DINHEIRO COM O BLOG + RECOMENDAÇÕES

19/04/2017, 13:14

Todo mundo já sabe que é possível sim ganhar dinheiro com o blog, as famosas gurus de beleza são um exemplo do que estou dizendo. A maioria é muito bem paga apenas para marcar presença em um determinado evento, mas é preciso dizer que o sucesso não veio para elas do dia pra noite, foi preciso muito esforço e dedicação para chegar onde elas estão hoje.

Muitas delas começaram a ganhar dinheiro com o blog através do adsense. Esse é o meio mais conhecido de gerar renda na internet, mas pra que se consiga um bom valor, seu blog precisa receber muitas visitas diárias, pois o sistema paga por cliques e visualizações.

Mas antes de começar a pensar em ganhar dinheiro com o blog, você precisa seguir essas recomendações:
>> Invista em um bom design: Um blog bem estruturado visualmente e tecnicamente consegue atrair os olhos das pessoas. Deixar os seu cantinho arrumando e organizado faz com que a primeira impressão do leitor seja positiva e se ele se sentir bem ele voltará.

>> Encontre seu público alvo: De nada adianta ter o layout perfeito, o conteúdo perfeito se você não sabe pra quem escreve. É preciso conhecer os gostos e os desejos dos leitores para que você possa atrai-los para o seu blog. Vou explicar uma forma errada com um exemplo, a pessoa investe na área Como Parar de Fumar e escreve assuntos sobre pet shop e acha que vai ganhar e manter os visitantes.

>> Divulgue seu conteúdo da forma correta: Divulgação é a alma do negócio. Você precisa mostrar o seu trabalho para o público certo, da maneira correta. O Google é uma ótima ferramenta de divulgação, pense nisso.

>> Interaja com os leitores: As empresas buscam blogs que possuem interação com os leitores, pois de nada adiantaria uma marca contratar um blog com 50 mil seguidores, se apenas 2 mil pessoas forem atingidas pelo blogueiro. Nesse caso, a empresa leva prejuízo. Então se você deseja ganhar dinheiro com o blog algum dia, construa uma relação de amizade com os seus leitores.

Mas enquanto as grandes empresas não nos procuram, podemos monetizar nossos blogs de forma simples, e que geram resultados. Confira os 4 meios de ganhar dinheiro com o blog.

1) Egrana: Criado em 2003, ele está ajudando a monetizar blogs e sites através dos seus conteúdos. Diferente do adsense, o egrana te dá várias opções de publicidade, como: Banner, popup e indicação. O valor mínimo para receber é R$ 50,00.

2) Méliuz: É uma plataforma que reuni várias lojas com segmentos variados. Funciona da seguinte maneira, sempre que fizer uma compra, você irá receber uma porcentagem no valor de volta, e o valor mínimo para receber é R$ 20,00.

Você também pode indicar o Méliuz para os seus amigos e receber R$ 10,00 por cada indicação válida. A indicação válida é quando o indicado completa R$ 100,00 de compras válidas em lojas que devolvem o dinheiro.

3) Criar Cartão: É uma plataforma de design e impressão de cartões de visitas. A empresa criou um programa de afiliados para que você possa ganhar dinheiro, divulgando a marca. A criar cartão paga R$ 20,00 de comissão para cada venda realizada através do seu link de afiliado. E recebe também R$ 15,00 quando o seu link for validado. O valor mínimo para a retirada é de R$ 100,00. Você pode indicar através de links ou banners.

4) Hostgator: É uma empresa que vende domínio e hospedagem para blogs e sites. Seu programa de afiliados funciona da seguinte maneira: Você divulga a empresa e ela te paga comissões em cima de cada venda realizada, um exemplo, se através da sua indicação forem vendidas de 1 a 5 produtos, você receberá cerca de R$ 60,00 por cada venda, ou seja, o afiliado receberá R$ 300,00.

CONCLUSÃO:

Essas são formas simples pra você que deseja ganhar dinheiro com o blog, mas já adianto que para qualquer afiliação, o valor demora para se juntar, ou seja, não quero ver você frustrado ou iludido achando que vai ficar "rico" somente indicando produtos.

Todas as empresas indicadas são confiáveis e pagam o que prometem. E vale a pena disponibilizar um espaço para gerar uma renda extra, mesmo que ela demore, mas dinheiro nunca é demais, é sempre bem vindo.

Eu espero que tenha gostado das dicas, e se você tiver sugestões é só deixar nos comentários.


IPB Skin By Virteq