Jump to content


Mister_Magoo

Member Since 24/03/2017
Offline Last Active 16/06/2017, 19:54
-----

Topics I've Started

Você já pensou em ter um site em outro idioma?

08/06/2017, 16:14

Pоr ԛuе investir no mеrсаdо іntеrnасіоnаl?

 

Outro ponto que precisa pensar e focar é em termos de SEO internacional, pois já existem muitos blogueiros migrando e criando conteúdos em outros idiomas gerando tráfego e ganhos.
 
Quаndо vосê mira internacionalmente vосê nãо еѕtá fаzеndо nаdа mais, nаdа menos dо ԛuе apontando para um mеrсаdо gіgаntеѕсо. O mеrсаdо аmеrісаnо é um mеrсаdо em procura, еm volume, em аnúnсіо, em dеmаndа rіdісulаmеntе alto se comparado аоѕ оutrоѕ mercados.
 
Entãо, quando vосê pensa еm сrіаr um рrоdutо, principalmente um produto mоbіlе ԛuе dереndа dа аtrаçãо dе lojas dе aplicativos; ou еntãо que dереndа de Facebook, nãо fаz ѕеntіdо vосê nãо реnѕаr Global First. A nãо ѕеr ԛuе a dоr ԛuе еѕtеjа rеѕоlvеndо seja umа dоr dаԛuеlе раíѕ. Ou ԛuе o ѕеu mеrсаdо lá fоrа já еѕtеjа muіtо ѕаturаdо, mas nо ѕеu раíѕ de origem еlе ainda nãо fоі еxрlоrаdо.
 
Atіngе оѕ EUA e o mundo inteiro
 
Exіѕtе um mеrсаdо muito соnѕumіdоr, ԛuе é o mеrсаdо dоѕ Estados Unіdоѕ. Quаndо vосê aponta para lá você também еѕtá pegando Rеіnо Unіdо, Austrália, Nova Zelândia, Canadá ԛuе ѕãо раíѕеѕ ԛuе tаmbém tem a línguа inglesa dеntrо dа ѕuа сulturа. Ou ѕеjа, se vосê еѕtá fazendo іѕѕо раrа o mеrсаdо mundіаl. Se nãо еxіѕtе umа dіfеrеnçа сulturаl entre a entrega do ѕеu ѕеrvіçо e do ѕеu рrоdutо no Brasil оu nо mundо. Pоr ԛuе nãо fаzеr no mundо?
 
É real, tem grаndеѕ ѕtаrtuрѕ fаzеndо іѕѕо e grаndеѕ еmрrеѕаѕ fazendo іѕѕо. Existem N рrоvаѕ dе ԛuе quando vосê mіrа lá no alto vосê соnѕеguе, ѕіm, аtіngіr uma grande fаtіа do mеrсаdо аmеrісаnо. E não só аmеrісаnо, mas o Eurореu tаmbém.
 
5 mеlhоrіаѕ раrа ѕеr umа startup іntеrnасіоnаl
 
Mеіоѕ de раgаmеntоѕ. É essencial prestar аtеnçãо аоѕ mеіоѕ de pagamento na hоrа de mudar раrа оutrо раíѕ. Iѕѕо роrԛuе оѕ ԛuе еxіѕtеm no Brаѕіl podem não еxіѕtіr no оutrо раíѕ dе destino.
 
Quаlіdаdе de conteúdo.
 
O mаіоr dеѕаfіо é o da línguа, dо suporte e dо tеxtо do site. Há uma dіfеrеnçа еntrе umа linguagem dе máԛuіnа e umа linguagem fеіtа роr um nativo. Essa diferença é o ԛuе fаz vосê ѕе dіfеrеnсіаr de um сhіnêѕ e de um іndіаnо. E іѕѕо é o ԛuе fará aquele соnѕumіdоr comprar dе você!
 
Eѕсrеvеr соntеúdоѕ com emoção. Pаrе de pensar ареnаѕ еm tráfego, еm SEO. Fаçа um соntеúdо ԛuе rеаlmеntе еntеndа o seu cliente. Sеjа ѕіmрátісо com еlе, agregue conteúdo e tіrе ѕuаѕ dúvidas.
 
Cоntrаtе um nativo аmеrісаnо. Iѕѕо ѕеrá fundаmеntаl раrа que ele еѕсrеvа o соntеúdо do ѕіtе e раrа fazer umа іntеrfасе bem trаduzіdа. E, сlаrо, também tenha alguém no atendimento ао uѕuárіо ԛuе fale a língua іnglеѕа. Assim, dаrá o suporte nесеѕѕárіо para еѕѕе cliente.
 
Dіmіnuа аѕ chances do cliente реrсеbеr ԛuе nãо é umа еmрrеѕа dаԛuеlе раíѕ. Grаndеѕ produtos dе outros países, ԛuе tеm o mеrсаdо аmеrісаnо como оbjеtіvо principal, ароѕtаm e investem еm ԛuаlіdаdе de língua. Isso fаz uma grаndе diferença.
 
Aѕ pessoas precisam não реrсеbеr ԛuе você nãо é umа еmрrеѕа аmеrісаnа. Ou ѕеjа, tem ԛuе dіmіnuіr a fricção da dúvіdа. E quando você еѕtá com o tеxtо mаіѕ оu mеnоѕ, vосê gеrа aquela dúvіdа.
 
Quando vосê еntrа em um site ԛuе a trаduçãо раrа o português está ѕеndо feita por uma mаԛuіnа automaticamente, vосê fіса соm аԛuеlе рé аtráѕ, сеrtо?
 
Iѕѕо tіrа a соnfіаnçа dе ԛuе este сlіеntе terá umа реѕѕоа раrа аjudаr na línguа dеlе, caso рrесіѕе.
 


5 DICAS DE COMO CONSEGUIR PARCERIAS

29/04/2017, 09:53

O sonho de qualquer blogueira ou blogueiro é ser reconhecida(o), e a ansiedade bate quando o assunto é parceria, pois queremos muito que as empresas nos enxerguem e valorizem nosso trabalho. E hoje vamos falar um pouco sobre como conseguir parcerias para seu blog de forma eficaz.

Antes de te dar as dicas reais de como conseguir parcerias, você precisa se preocupar com alguns itens para atrair as lojas e fazer com que elas se interessem pelo seu blog. Primeiro passo:

TENHA UM LAYOUT AGRADÁVEL

Invista em um layout bem apresentável. Caso não tenha condições de encomendar um exclusivo, procure por layouts grátis, existem inúmeros no mercado com aspecto profissional, basta fazer uma ampla busca que vai encontrará algo que te agrade. Ou então, faça você mesmo o seu layout. O fato é que nenhuma empresa vai querer expor sua marca em um local desleixado e mal organizado.

TENHA UM BOM CONTEÚDO

As lojas observam a qualidade do seu conteúdo e a frequência das postagens. O seu nicho deve ser o mesmo da loja parceria. Uma empresa de cosméticos dificilmente vai fechar uma parceria com um blog de games por exemplo. É preciso ter bom senso!

TENHA UM TEMPO RAZOÁVEL NA BLOGOSFERA

Não tem como conseguir parceria se o seu blog tem menos de 3 meses. As empresas buscam uma troca de divulgação, e seu blog precisa ter um número razoável de visualizações e de seguidores para oferecer um bom retorno. Te oriento que nos primeiros 6 meses de blog, o seu foco seja produzir conteúdo de qualidade e divulgar seu trabalho. Tenha calma! Plante pra depois colher.

Depois de alimentar seu blog com muito conteúdo, e gerar visitas e leitores para o seu blog, está na hora de ir em busca de parcerias. Veja as minhas dicas.

1 - Pesquise no Google

Essa é uma das melhores ferramentas para buscar parcerias. Muitas lojas e empresas deixam no site uma página especialmente para esse tipo de comunicação. Pesquise por lojas que fazem parcerias e conhecerá algumas.

2 - Visite outros blogs

O melhor lugar para buscar novos parceiros são nos blogs que você visita. Dê uma olhada nos publieditoriais que o blog já fez, nos banners da lateral e entre em contato enviando sua proposta.


3- Vá em busca de empresas pequenas

Outro local ótimo para procurar futuros parceiros são nas plataforma de e-comerce  como a Divitae, Loja 2, Tanlup, Loja Integrada, Elo7 e dentre outras. Elas possui inúmeras lojas e com certeza encontrará alguma que aceite a sua proposta.

As lojas pequenas geralmente fecham parcerias com blogs pequenos pelo fato delas não possuírem um bom capital para investir nesse tipo de divulgação com blogueiras grandes. E as grandes marcas não vão querer parceria com blogs pequenos.

4 - Tenha seu cartão de visita

Já pensou em dar uma passadinha naquela loja do seu bairro? Ela pode ser sua parceira. Mostre a ela seu cartão de visita e nele deve conter o endereço do seu blog, suas redes sociais e seus contatos. Deixe sua divulgação nas lojas da sua cidade, crie uma proposta e mostre a loja as vantagens de divulgar em seu blog.

5 - Divulgue as marcas sem medo

Não tenha receio de gravar ou de publicar um post falando de uma determinada loja ou marca. Elas estão de olhos abertos nas blogueiras, e se você falar dela com certeza ela te verá com bons olhos e uma futura parceria pode surgir. Compre os produtos e crie seu conteúdo, mesmo que não ganhe nada com isso agora. Com tempo verá as coisas acontecerem.

CONCLUSÃO:

Parceria é coisa séria! Requer dedicação e organização. Seu blog será o intermediário entre o leitor e a loja, então antes de enviar sua proposta faça uma análise detalhada do seu blog, e veja se ele traria algum retorno para a empresa. Não queria dar uma passo maior que a perna, vá devagar!

E você, já fez algum tipo de parceria? Compartilhe sua experiência conosco. Espero que tenha gostado das dicas. Não deixe de seguir o blog e minhas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades.


Como descobrimos nossos defeitos e como os mudamos

19/04/2017, 14:56

As palavras que resumem o conteúdo desse artigo: A situação e a necessidade.

 

Primeiro que precisamos de situações favoráveis para descobrirmos novos defeitos e, claro, novas qualidades. Segundo que só mudamos os defeitos quando sentimos que devemos mudá-los e isso implica em perceber que a não mudança acarretará em algum prejuízo para nós próprios.

 

Como eu já trabalhei com vendas tinha muitos defeitos gerados por vícios de outras empresas e atrapalhava nas minhas vendas e todo vendedor sabe da importância de como fazer venda realizada.

 

Eu gosto de enxergar todos os defeitos como simples características. O que define se é ou não um defeito são as situações que nos expomos e as pessoas que estão perto de nós.

 

Portanto, assumir a arrogância, por exemplo, como um defeito, só será necessário quando a forma prepotente de se expressar passar a ser prejudicial, do contrário, limita-se a uma mera característica.

 

E por que eu enxergo um defeito como uma simples característica?

 

Pela razão que descrevi acima: as situações. Se você estiver em um ambiente que, digamos, não aflore este seu defeito, ninguém irá notá-lo, talvez nem você. Ou se você estiver em algum lugar em que as pessoas considerem arrogância uma característica comum, não haverá razões para mudar.

 

Agora, se sua característica não condizer com o ambiente ou com as pessoas próximas, certamente este é um defeito e precisa ser mudado. Pois não se adequa ao lugar em que você está.

 

Certo?

 

Quando você se der conta disso, certamente se prontificará em mudar esse comportamento. Aí está uma situação que te faz encostar num defeito seu e que ao mesmo tempo exige uma mudança pois o contrário terá um único prejudicado: você mesmo.

 

E o grande responsável pelas mudanças é o medo de perder, de se prejudicar. Só mudamos algo se notamos que seremos prejudicados, que iremos perder algo que seja de valor para nós, que seja importante.

 

Então a condição para descobrirmos é o meio, e a mudança é a necessidade.


COMO ATRAIR E FIDELIZAR LEITORES PARA O SEU BLOG

19/04/2017, 14:50

A grande dificuldade que a maioria dos blogueiros tem é de gerar tráfego para o seu blog. Mas além de atrair visitantes é preciso fazer com que os leitores se interessem pelo seu conteúdo, para que eles voltem todos os dias, ou várias vezes por dia fazendo com quê o seu tráfego aumente.

De nada adianta ter visitas novas todos os dias, se elas não se renovarem ou até mesmo não converter em vendas ou cliques em programas de afiliados.. O leitor de hoje precisa voltar amanhã, depois de amanhã e sempre. É necessário criar um público fiel para que eles continuem acessando o seu conteúdo. Hoje vou te dar 8 dicas de como atrair mais visitantes e fideliza-los.

Poste com frequência

Quando alguém se interessar pelo seu conteúdo, sentirá vontade de voltar mais vezes, e nada mais chato do que entrar em um blog e vê-lo desatualizado. O leitor logo perderá o interesse e não vai voltar. Poste pelo menos 3 vezes por semana e quando não der, avise o motivo pelas redes sociais.

Responda os comentários

Só quem é blogueiro sabe da alegria que é em ver um comentário num artigo que levou horas para ser elaborado. Ninguém gosta de ficar no vácuo. Por isso, responda seus leitores, mostre interesse no problema dele, e dê a solução.  

Esteja sempre pronto para ajudar

Acontece e muito do leitor optar em enviar um e-mail relatando algum problema, pedindo ajuda ou um conselho. Esteja pronto para ajuda-lo. Nunca deixe o leitor esperando, sem a resposta que ele tanto precisa. Lembre-se sempre em: Fazer o bem sem olhar a quem!

Dê praticidade ao leitor

Não se limite apenas no blog. Esteja nas redes sociais, como facebook, twitter, instagram e google+. Essas mídias possuem aplicativos para celular, e hoje em dia a maioria das pessoas optam por acessar a internet pelo dispositivo móvel, e você precisa dar essa praticidade a elas. E nunca se esqueça de atualiza-las, sempre que postar algo novo no blog.

Poste conteúdo de qualidade

De nada adianta ter um layout profissional, domínio personalizado, se o seu conteúdo é de péssima qualidade. Invista em tempo para estudar sobre os assuntos que deseja abordar no blog, obtenha mais conhecimento, pois quando surgir uma dúvida do seu leitor, você saberá a resposta sem titubear. Com conteúdo de qualidade, você gera credibilidade.

Ofereça conteúdo exclusivo

Um ótima técnica para fidelizar leitores é oferecer algum material exclusivo. Seja por redes sociais ou pela newsletter. Por exemplo: não lote sua fan page de links do blog, o leitor quer algo a mais, publique postagens exclusivas somente na fan page, compartilhe imagens e vídeos que fazem parte do seu nicho. Promova interação entre seus leitores e movimente suas mídias sociais.

Publique o que seu leitor quer ler

Para ter uma noção do que seu leitor gosta de ler, é necessário fazer uma pesquisa de público. Quando você descobrir, poste com frequência os assuntos que os seus visitantes mais gostam, sem ser repetitivo e recente descobri que os jovens tem muito interesse na plataforma afiliados g2a e já escrevi um artigo para esse público..

Conheça seu público alvo

Saber quem é o seu leitor é fundamental. Por exemplo: Meus leitores são blogueiras que estão em busca de conhecimento para melhorar o desenvolvimento do seu blog. Elas querem aprender sobre, SEO, sobre como ganhar dinheiro com o blog, como conquistar parcerias e tudo que envolve esse universo. Por isso sairá do meu nicho, caso eu publique algum artigo sobre "Tendências para o verão" ou  "Esmalte da semana".

É preciso ter foco! Mesmo que seus leitores queiram saber mais sobre você, queiram vídeos ou posts que falem da sua vida pessoal, você não pode esquecer do assunto principal do blog, pois terão leitores que não vão querer saber sobre outro assunto, a não ser sobre o seu nicho.


CONCLUSÃO

É importante para o seu blog, ter leitores fiéis, pois serão eles que vão interagir, divulgar e seguir seu blog, ajudando no crescimento. Não existe um botão mágico que a gente aperta, e o milagre acontece. É preciso trabalhar arduamente, sem medo, e sem perder o foco. Use essas dicas e verá resultados imediatos.

Gostou das dicas? Compartilhe conosco suas técnicas para atrair mais visitantes e deixe a sua opinião nos comentários.


Como descobrimos nossos defeitos e como os mudamos

19/04/2017, 13:37

Duas palavras resumem o conteúdo do post: situação e necessidade.

 

Primeiro precisamos de situações favoráveis para descobrirmos novos defeitos e, claro, novas qualidades.

 

Segundo que só mudamos os defeitos quando sentimos que devemos mudá-los e isso implica em perceber que a não mudança acarretará em algum prejuízo para nós próprios e vou citar o caso de uma pessoa que eu conheci que trabalhava com polimento de mármores. Ele não sabia como atender o seu público e sempre reclamava que não entrava dinheiro. Onde será que estava o problema?

 

Eu gosto de enxergar todos os defeitos como simples características. O que define se é ou não um defeito são as situações que nos expomos e as pessoas que estão perto de nós.

 

Portanto, assumir a arrogância, por exemplo, como um defeito, só será necessário quando a forma prepotente de se expressar passar a ser prejudicial, do contrário, limita-se a uma mera característica.

 

E por que eu enxergo um defeito como uma simples característica? Pela razão que descrevi acima: as situações. Se você estiver em um ambiente que, digamos, não aflore este seu defeito, ninguém irá notá-lo, talvez nem você.

 

Ou se você estiver em algum lugar em que as pessoas considerem arrogância uma característica comum, não haverá razões para mudar. Agora, se sua característica não condizer com o ambiente ou com as pessoas próximas, certamente este é um defeito e precisa ser mudado.

 

Pois não se adequa ao lugar em que você está.

 

Certo?

 

Quando você se der conta disso, certamente se prontificará em mudar esse comportamento. Aí está uma situação que te faz encostar num defeito seu e que ao mesmo tempo exige uma mudança pois o contrário terá um único prejudicado: você mesmo.

 

E o grande responsável pelas mudanças é o medo de perder, de se prejudicar. Só mudamos algo se notamos que seremos prejudicados, que iremos perder algo que seja de valor para nós, que seja importante.

 

Então a condição para descobrirmos é o meio, e a mudança é a necessidade.

 

Não existe dificuldade, só nos falta a ponte.

 

Quer ser multitarefa?

 

Comece por prioridades.


IPB Skin By Virteq