Jump to content


Prottom's Content

There have been 119 items by Prottom (Search limited from 26/10/2020)



Ordernar por                Order  

#238716 Photoshop Cs

Posted by Prottom on 26/11/2003, 11:25 in Editores Bitmap

certeza q sim... corel par é cobaia. eles sempre acertam as coisas depois na versão ímpar.

Eles já estão a tantos anos fazendo experiências... agora que a empresa trocou de mãos, bem que eles podiam virar a mesa e acabar com todos os bugs de uma vez por todas... <_<



#238690 Photoshop Cs

Posted by Prottom on 26/11/2003, 11:00 in Editores Bitmap

Concordo com a opinião geral... o CS não tráz lá grandes coisas. Mas o preço...tá cada vez maior! E agora a adobe está lançando a sua suíte prá enxotar de vez a corel do mercado.
Tb acho que um upgrade não se justifica...
Mas acho que eles poderiam ter melhorado as ferramentas de desenho. Os "paths" que continuam ou tremidos ou muito simplificados. Se vc usar o Painter, que não é especificamente um programa de vetor vai ver a diferença, e até mesmo o primo pobre Corel Photo-paint, faz paths mais precisos e mais facilmente. Mas é aquele lance...eles querem que a gente faça os paths no Illustrator...esse sim incorporou melhoras interessante, como a extrusão do Corelzão.



#219956 Ignorância Básica. Formatos De Arquivos P/impressã

Posted by Prottom on 30/10/2003, 23:52 in Produção Gráfica

Kreativ!! Kreativ!! Ave!!

Tem que pendurar essa matéria meu caro..., tem que publicar!!! Esclarece muita coisa!!!!

Uma ,duas ,três vezes
VLW, VLW, VLW



#219888 Ignorância Básica. Formatos De Arquivos P/impressã

Posted by Prottom on 30/10/2003, 20:52 in Produção Gráfica

:) Deus é pai!!! Ainda bem que vc não abandonou o forum também!!!
Vlw Kreativ!!!
Eu achava que a razão só poderia ser a qualidade mesmo, mas vc esclareceu tudo mostrando onde as coisas pegam!
No que vc disse concluo que os arquivos PDF têm então uma qualidade mais aceitavel que os de imagem (isso é novo prá mim!) jpg, tiff.
Acredito tb que dependendo da mídia essas exigências devem variar um pouco não?
E os arquivos CDR, são de fato problemáticos?
Desculpe te alugar mais um pouco...vlw pela aula Kreativ!!! (y)

PS.: Posso postar sua resposta na lista de discussão "ilustrasite" ???(http://br.groups.yah...oup/ilustrasite)? Acho que vai ajudar os que são menos feras (é cheia de superprofissionais feras ilustradores) e estimular um debate sobre o assunto lá. Vlw (y)



#219560 Ignorância Básica. Formatos De Arquivos P/impressã

Posted by Prottom on 30/10/2003, 13:40 in Produção Gráfica

Bem, caros e competentes colegas. Tenho uma dúvida que apareceu agora sobre os processos aí em cima. Não sou profissional e não entendo como rolam os lances de formatos de arquivos nos bureaus.
Minha duvida surgiu porque gosto de usar o coreldraw, e como sempre, muita gente fala que os arquivos dão pau. Ou que em trabalhos com fontes especiais, elas devem ser enviadas separadamente ou convertidas em formas. Ou transparências do illustrator não imprimem bem, etc...e por aí vai.
Como tive um único trabalho impresso, que foi feito no corel e rasterizado em 300dpi, como pedem as impressões. Me pergunto, porque alguns trabalhos são enviados para as gráficas em formatos nativos e não em JPG ou TIFF que não dão probelmas? È pela qualidade de impressão? Me pareceu bom o que eu vi.
Valeu a atenção caríssimos!!!



#207683 Ilustração E Agências Stock

Posted by Prottom on 13/10/2003, 08:04 in Teoria da arte e tipologia

Brad Holland
Julho de 1999

Brad Holland examina a "arapuca" das agências de Stock"

Muitos artistas vêem as empresas que vendem Stock Illustration como agências, e muitas destas empresas os encorajam a vê-las desta forma. É uma estratégia prudente por parte desta empresas, uma vez que elas dependem da boa vontade dos ilustradores para ceder seus trabalhos para elas. Mas como artistas, é hora de perceber que essas 'agências" são nossos competidores. E é hora de parar de entregar nas mãos deles o trabalho que eles precisam para nos vender barato.

Não há nada errado em vender "stock". Artistas vêm fazendo isso há 20 anos. Mas as empresas de venda de stock são algo novo no cenário. Elas representam um movimento de homens de negócios no mundo da ilustração, e estes caras estão reunindo enormes catálogos de arte para venda aos clientes por preços com desconto. Apesar de se promoverem junto aos artistas como um veículo fácil para fazer "um dinheirinho extra", eles promovem seus catálogos junto aos clientes como uma alternativa mais barata do que lidar diretamente com o artista.

Algumas agências são mais benignas do que outras. Mas até mesmo a melhor delas, tiram mais de nós do que dão em troca. Uma empresa de destaque - auto-intitulada líder no mercado - é um exemplo perfeito. Quando você assina um contrato com eles, você perde todos os direitos ao seu trabalho por 5 anos. Eles levam metade do lucro em vendas no mercado doméstico e 75% por cento nas vendas no exterior. Você tem que ficar atento `a data de expiração de cada contrato, porque ao final do período de 5 anos, você tem apenas uma janela de 60 dias para reclamar seus direitos de volta. Você tem que fazer isso por escrito e para cada imagem que vendeu. Se você não fizer isto, existe uma cláusula ali que rola os direitos de volta para eles por mais 5 anos.

Com cláusulas como esta, você espera pelo menos ter seus royalties pagos em adiantado. Mas em stock, VOCÊ paga a agência de stock. Você paga uma taxa de produção de $125 reais por imagem.
Muitas destas agências hoje retém milhares de imagens para oferecer a seus clientes. Uma companhia, com um inventário de 14 mil imagens, se vangloria do seu potencial, que chamam de "Critical Mass", dizendo que isso faz dela um verdadeiro imã para seus clientes. Qualquer vendedor de stock que possui um arquivo desses, sabe que este volume liberta a agência da própria dependência dos artistas.
Você pode lucrar ou não, com o seu investimento em stock. De fato, após pagar as taxas, é bem capaz que você perca dinheiro. A agência, por sua vez, com suas vendas em volume, e comissões altíssimas, vai estar sempre bem. Este é o significado de "Critical Mass" para eles".

Muitas agências defendem que vários artistas ganham grandes somas de dinheiro através de múltiplas vendas. Mas desde que comecei a falar do assunto, há um ano atrás, eu já fui contatado por muitos artistas de stock que contam uma estória diferente. Já ouvi falar de taxas cobradas sobre pagamentos de $55, $25 e $12.50. Naturalmente os administradores das "Stocks" não têm interesse em que estas notícias a respeito destes preços ridículos vazem. Eles até admitem a existência destes valores, mas dizem que foram para vendas para trabalhos menores. Ainda assim, isto apenas pede por uma pergunta: Como pode alguém que pensa no futuro do nosso mercado justificar a venda de imagens por preços de 2 dígitos? A resposta é: eles não conseguem.

Em um newsletter recente uma Agência de Stock vangloriava-se de que um artista "ganhou 18 mil em menos de 60 vendas". Sem dúvida eles esperavam impressionar artistas com uma soma de 5 dígitos. Mas é a contagem das vendas que deve chamar nossa atenção. Veja uma agência líder de mercado dizendo que a média de preço de vendas é de 300 pratas.

Stock significa, "Querida encolhi o dinheiro". Significa "menos é mais, se você é dono de uma agência de stock". Porque se 60 vendas de stock significam 60 trabalhos que deixaram de ser fechados com um artista, e se cada um daqueles valesse $1000, então o que ocorreu foi o condensamento de 60000 em 18000. Dos quais alguns businessmen vão levar metade. A gente só pode imaginar a quantidade de dinheiro que antes ia para os artistas sustentarem-se, e que acaba sendo derretido desta forma para gerar lucro para estes empresários. Mas uma vez que o resíduo desta negociação está sendo repassado aos artistas como "um dinheirinho extra", espera-se que nós o recebamos de braços abertos.

As pessoas que promovem as Stocks, dão muitas razões porque é bom entregar nossa arte para eles. Mas olhando com atenção você vai ver que as razões são boas para eles e não para nós.

1. Agências de stock alegam que elas estão expandindo o mercado para ilustração. Estou certo de que elas fazem as primeiras vendas. Mas, de qualquer jeito, o que nós esperaríamos que elas dissessem? Quão tolas elas seriam se nos dissessem "nos dê os seus trabalhos, então, podemos roubar os seus clientes?"

2. Elas alegam que as vendas garantem novos trabalhos. Há alguma verdade nisso. Mas o número de trabalhos originados pela stock não compensa o grande número de trabalhos que se perde para elas.

3. Elas alegam que as stock auxiliam clientes que querem uma ilustração rápida em prazos curtos. Sim, mas em qualquer negócio eu acho que "serviço rápido significa preço premium". Se eu quero um serviço rápido eu tenho que pagar extra. Somente em ilustrações das stock, eles dizem, "Se você precisa dela num segundo, você poderá tê-la barato"

4. Elas alegam que servem clientes com orçamentos apertados. Elas fazem com que os diretores de arte entrem no jogo do "até onde podemos abaixar esse preço? Elas atraem designers para comprar barato e lucram com isso. No passado nós podíamos usar prazos curtos para negociar mais dinheiro, orçamentos apertados para ter mais liberdade criativa. Ilustrações prontas a preços baixos eliminam essas vantagens.

5. Para mascarar a verdade sobre os preços baixos, as stocks alegam várias vendas. Mas se já é mal negócio vender barato uma vez, vender vinte vezes pela mesma porcaria é melhor? Cada vez que um cliente deixa uma stock com um trabalho barato, ele irá voltar para ela, não para você.

Muitos artistas iniciantes vêem as stocks como uma porta para o negócio de ilustração. Mas o fato é que elas pegam todos os serviços menores, o jovem artista que antes podia contar com alguns trabalhos de U$400 por mês, agora tem que se contentar com comissões de U$50. Estou no ramo a 25 anos e nada me enoja mais do que ver esses gatunos das stocks roubarem os trabalhos dos jovens artistas que estão mais vulneráveis aos seus preços baixos.

Stocks alegam que o retorno que elas dão aos artistas ajuda-os a criar um grande estoque de imagens. Isso significa que se os artistas estão criando estoque de imagens, como sei que alguns estão, então isso ameaça a natureza profissional do ilustrador em si. Isso ameaça tornar nossa profissão uma espécie de loteria onde artistas apostam seu tempo e dinheiro numa jogada de várias vendas sem garantias de retorno, e stocks podem adquirir arte sem-risco e vender como quiserem.

Eu acredito que ainda há muito dinheiro a se fazer com ilustração. A prova é que esses atravessadores que não tem outro motivo senão o lucro, querem entrar no nosso negócio e querem quantos trabalhos puderem conseguir. Mas suas práticas comerciais ameaçam nossa capacidade de competir sendo que a maioria de nós querem ser artistas em primeiro lugar.

Ao invés de armazenadores de trabalho, nós somos artesãos. Muitos de nós ficamos orgulhosos dos trabalhos que fazemos. Eu conheço poucos artistas que definem excelência como várias vendas a preços baixos. Os trabalhos dos stocks são medíocres e plagiados. Stocks ganham o mercado com clichês. Eles explicitamente aconselham artistas a não pensar que seus melhores trabalhos serão suas melhores vendas. Essa observação não é novidade para qualquer artista que já enviou esboços para o cliente e viu ele escolher o menos desafiador. Mas isso deve nos lembrar porque o interação entre cliente e artista pode sempre levar a um trabalho inovativo.

Nós não devemos deixar esses vigaristas denegrirem nossa profissão. Devemos ter cuidado para que seus padrões não se tornem o padrão que os clientes demandam de nós e que jovens artistas aspiram.

O que nós devemos fazer para parar de perder trabalhos para esses vigaristas?
1. Parar de fornecer imagens a eles.
2. Se você acha que precisa estar em um stock, vá para um stock pago. Eles não irão se apropriar do seu trabalho e vc poderá sair assim que quiser. Vc estará no comando, poderá definir seus preços, negociar seus termos e manter seus lucros.
3. Não venda seus trabalhos a preço de banana! Nós precisamos convencer diretores de arte que mesmo sendo stock eles devem ter um bom preço, "você pode ter rápido, mas não será barato" deve ser o novo mote dos artistas de stock.
4. Não venda a atacado. Lembre que é melhor vender um trabalho por U$2000 que vinte por U$100. você terá o mesmo dinheiro sem superexpor seu trabalho.

Artistas e agentes devem parar de ver stocks como um jeito fácil de fazer "um dinheirinho extra". Nós não somos hobbystas. Cada vez que um artista faz um dinheirinho extra no stock, um outro artista perde uma bom trabalho. Cedo ou tarde todos nós seremos esse outro artista. Quanto mais nós deixarmos os stocks nos explorarem, mais aceleraremos o dia em que a ilustração profissional será degradada a atividade de meio-período.

Originalmente publicada na revista Communication Arts de setembro 1998.



#202762 Reflexo Azul ?

Posted by Prottom on 06/10/2003, 13:39 in Editores Bitmap

Da forma que o kreativ falou dá. É simples. Acho que vc teve dúvida na execução né?


1-Vc cria uma nova camada, (layer).

2-Dê uns toques nela com o um pincel tipo respingos ou spray bem granulado na cor desejada, nos cantos ou na região onde vc quer o efeito. (sugestão: assorted brushes > 54 - (pincéis diversos ou variados)

3-Aplica um motion blur forte (desfoque de movimento) em direção inclinada.

4-Deixe essa camada sobre a foto e dê-lhe transparência ou algum modo de transparência se necessário.


Depois vc pode viajar mais, criando outras camadas, com uma fumaça dispersa, granulação (noise, etc)



#170109 Corel Draw Essentials

Posted by Prottom on 17/08/2003, 09:39 in Editores Vetoriais

O Corel Essentials, se não me engano é a versão do Corel 9, (incluindo o paint)ou seja, tem umas inovações a menos. Acho o 11 mais rápido, com recursos extras porém não dá prá abusar porque o uso da memória é muito grande e dá uns piripaques extras também. Como o Essentials é bem mais barato, acho que vale analisar o custo/benefício. E como vc viu no tópico que o Pedro indicou, tem gente que acha o 9 a melhor versão...



#169448 Tutorial Entrelaçamento

Posted by Prottom on 16/08/2003, 13:04 in Tutoriais Editores Vetoriais

Gostei!!! Ainda nos abre os olhos pro powerclip prá inúmeras montagens. É legal tb porque ainda deixa o circulo debaixo com uma certa mobilidade...Muito bom Naty!



#168202 Dimensões No Corel Draw

Posted by Prottom on 14/08/2003, 09:38 in Editores Vetoriais

Olá Deborah...
Quando vc exporta um trabalho para bitmap (jpg, tiff, gif, etc) vc deve especificar o tamanho e a resolução no momento em que vc for salvá-lo. Tanto quando vc exporta ou quando vc salva pra Web, aparecerão janelas prá que vc entre com esses valores (dimensões em pixels e resolução). Se vc não o fizer a imagem será salva no tamanho que aparece no monitor em 72 dpi. Como o corel trabalha com vetores essas dimensões podem variar à vontade sem prejuízo prá qualidade da imagem (a não ser que vc misture algum bitmap à imagem).

Pode salvar em 72 dpi mesmo, Pedro...já pensou em usar uma imagem de 300dpi prá web? :rolleyes:



#168190 Aonde Achar No Rj?

Posted by Prottom on 14/08/2003, 09:03 in Editores Bitmap

Blz....
Experimente consultar o Senac. Além de PS, webdesign, etc. ...eles tb tem um curso de produção gráfica. O SENAI do rj tem cursos muito conceituados tb. O de artes gráficas (SENAI-Maracanã) tem duração de dois anos, há prova para admissão, acho que mensalidade na faixa de $220,00. E se não me engano as aulas são diárias. A Estácio de Sá tb está sempre promovendo cursos desse tipo. O laboratório da UERJ tb tem cursos para web, assim como a PUC-RJ. Além desses tem os SOS e Microchamp e etc. Mas desses eu não sei nada.
Curso é o que não falta...Boa sorte!



#149353 No Photopaint Eh Criativo->quatro! No Ps Eh Como?

Posted by Prottom on 20/07/2003, 00:28 in Editores Bitmap

É verdade ,o ps é mais elástico prá vc fazer as coisas, mas é aquela parada...tem que ser no braço.
Mas se não me engano vc tb pode criar efeitos de moldura com o ppaint também. Repara que as moduras do ppaint são imagens em grayscale e estão no arquivo nativo cpt. Ou seja vc pode pintar uma moldura e salvá-la prá usar depois. Isso tb te abre possibilidades muito criativas de criação de molduras exclusivas.

Não perdi tempo não Pedro, quando a gente explica alguma coisa a gente tb sedimenta nossos conhecimentos.

Vlw o ótimo tuto Kreativ...mais um prá gente guardar!



#148378 No Photopaint Eh Criativo->quatro! No Ps Eh Como?

Posted by Prottom on 19/07/2003, 00:02 in Editores Bitmap

Hehe... parece que tem que fazer muita coisa, mas tem não. Infelizmente esse efeito não se apresenta de uma forma tão fácil de manipular como no ps ou no photoimpact, que vem com uma cacetada de molduras...
No ps acho que vc só vai ter isso facilitado com plugins. Como faturam com plugins!!!

Como visualizar, na forma dos efeitos não tem como. Vc vai ter que experimentar. Na versão 6 acho que até tinha uns samplers no help, mas nesse acho que não tem mesmo.
O fundo branco no entorno ele cria mas vc pode eliminá-lo. Não fica transparente como no PPaint.

Se ele apenas aplicou um quadro branco, reto, sem os recortes irregulares da moldura, pode ser que vc tenha aplicado apenas parte do efeito. Não expanda as opções de cada moldura (cada passo está especificado como em camadas)..
Por exemplo se vc clica na seta de Spatter Frames, ele vai abrir todas as fases do procedimento. Se vc clicar apenas sobre uma desas fases, somente ela será aplicada.

É... meu caro, o ps é bom, mas algumas coisas tem que ser no braço mesmo...:ok:



#148316 No Photopaint Eh Criativo->quatro! No Ps Eh Como?

Posted by Prottom on 18/07/2003, 21:45 in Editores Bitmap

No PS também é facinho Pedro, só que está menos à vista que no PPaint ou no PImpact...

Vá em Window>Actions (janela>ações).
Aí então vai te aparecer uma palheta cheia de opções de ações, que nada mais são que procedimentos-automatizados-que-provocam-um-efeito. Aí nessa você vai em FRAMES, (molduras), então verás várias opções prá escolher. Aperte o botão "play" (>), na barra da palheta e pronto.

Note que o PS vai criar uma cópia e aplicar o efeito nela, deixando sua "original" intacta.
Você tb pode gravar suas próprias ações. Veja que ao lado do "play" tem também o "Record" ou gravar ação, e o "Stop". Uma mão na roda prá gravar procedimentos!

Repare depois que prá cada efeito há uma pasta com cada procedimento prá chegar ao resultado, vc pode clicar sobre uma dessas etapas e alterar os parâmetros.

Espero que dê certo prá vc! :)
T+



#142243 Tintas Com Ou Sem Cobertura

Posted by Prottom on 11/07/2003, 10:52 in Produção Gráfica

Hummm...valeu Vichenco, com cobertura os brilhantes (tem uma camada com algum tipo de...heheehe...cobertura!!! :) ) e sem cobertura os foscos, mais crus...
Falou! Ajudou sim! :ok:



#142162 Tintas Com Ou Sem Cobertura

Posted by Prottom on 11/07/2003, 09:26 in Produção Gráfica

Blz pessoal? Bem, sempre que abro a paleta de cores vejo as opções pantone, hexachrome, etc... coated(com cobertura) ou uncoated. Nunca esquentei muito porque não apliquei. Mas alguém pode explicar o que isso significa???
Obrigado!



#134564 Como Fazer Transparencia?

Posted by Prottom on 02/07/2003, 18:47 in Editores Bitmap

É só salvar como gif, com fundo transparente. O photoshop te dá essa opção quando vc vai no "save for web". Mas se houver fundo branco na camada, desabilite-o....



#134142 Efeito Estrela De Limpeza

Posted by Prottom on 02/07/2003, 01:55 in Editores Bitmap

4Ever, não sei se vai te ajudar, mas esse efeito tipo estrela dá prá fazer razoavelmente com os pincéis. O lens flare é mais um efeito de luz forte, fotográfico. Bem, talvez vc possa conjugar as duas coisas...

Vá no pincel e carregue "assorted brushes"(pincéis diversos), aí tem o pincel 68, que faz um brilho de estrela irregular. Ou vá no pincel 25, que é um X. Numa camada à parte faça um ponto com ele em branco. Depois, vá à paleta Brushes (window>brushes , ou ao lado do file browser). Vc vai ver uma série de alternativas de configuração.

Clique em "brush tip size", no quadro que se abrirá, vá na janela de rotação do pincel (o círculo com cruz) e gire-o até a forma do pincel abaixo virar uma cruz.

Agora pincele uma vez, acima daquele primeiro X. Formada a estrela, aplique um efeito "outer glow" (brilho externo), clicando no "f" à esqueda da barra da paleta "layers". Prá finalizar um Gaussian blur bem levinho prá tirar o efeito pontilhado e dar suavidade...
O tamanho do pincel vc determina, assim como a estrela.

Texto metálico, há de vários tipos...
experimenta esse site que deve te dar uma idéia :Phong

Boa sorte!



#133775 Lerdeza De Processamento

Posted by Prottom on 01/07/2003, 17:02 in Editores Vetoriais

Vlw Pedro... e o teu ainda tem 1G!!! Isso tá me deixando meio sem paciência pro programa, o que eu lamento, pois cheguei a ter que refazer umas coisa. Vou tentar e depois digo se melhorou. Obrigado pela dica! :ok:



#133768 Lerdeza De Processamento

Posted by Prottom on 01/07/2003, 16:51 in Editores Vetoriais

Blz pessoal... :( Seguinte, tô achando meu corel 11 lerdo demais, acho que talvez mais que o anterior. Não sei se é porque estou fazendo operações muito complexas, mas durante o uso o bicho vai ficado cada vez mais lento. E até trava mesmo, diz que tá sem memória. Tenho um Pentium3, 650mz e 384mb de memória. Sendo que configurei em 81% a disponibilidade pro corel. Isso é pouco? Já andei mexendo nas configurações, (tipo undo level, mais baixo, config pág , resolução 72dpi). Será que estou exigindo muito, ou há de fato algum problema? De antemão agradeço a quem puder me dar uma luz... :light:



#131798 Site De Imagens Vetorizadas ?

Posted by Prottom on 29/06/2003, 10:10 in Editores Vetoriais

site

alguma coisa encontrará aqui...



#130606 Plug In

Posted by Prottom on 27/06/2003, 23:59 in Editores Vetoriais

Bem...
sinceramente pro editor vetorial (CorelDRAW) eu não conheço nada, talvez pq nunca tenha precisado. Só conheço plugins (e uso) pra Corel Photopaint, pra Adobe Photoshop, ou seja, editores vetoriais.

Normalmente, o OLE (área de transferência avançada) do CorelDRAW permite que vc transforme qualquer aplicativo num " plugin" do Corel.

Oq vc quer fazer?

Aumentar a precisão dos traços/desenho técnico? Trabalhe com AutoCAD e Corel

Vetorizar de maneira mais poderosa uma imagem? Use Adobe Streamline

Naty, vc sempre cita o streamline como vetorizador. Qual a vantagem dele sobre o CorelTrace, que parece tão interessante..?
Baixei o trial do Stream (aliás, e como é caro!!!)



#130603 Plug In

Posted by Prottom on 27/06/2003, 23:55 in Editores Vetoriais

Acho que vc está pensando nos pluguins de bitmap pro corel, é isso. Tem o KTP, que vinha no corel 10.



#130183 Desafio Corel Draw

Posted by Prottom on 27/06/2003, 11:56 in Editores Vetoriais

Ae vc poderia postar com as linhas de medidas em outra cor distinta! tipo ta meio confuzo o q eh linha da faca e o q eh linha das medidas!!!

t++,

Aí fica muito fácil.

Quando eu recebo uma planta técnica é exatamente assim. Sem mais explicações.


A primeira que eu fiz quase fiquei loco.

Se eu delinear a faca o serviço já estará pronto e se um dia vcs receberem um trampo assim não haverá deliniação.

Hummm...se vc quase ficou maluco....vou ver se consigo alguma coisa...os circulos tem que ser fechados né?



#129854 Soluções Dos Exercícios

Posted by Prottom on 26/06/2003, 22:55 in Tutoriais Editores Vetoriais

Depois que a gente vê a solução fica tudo tão fácil!!! Ah, Tia Naty , to me sentindo burro prá dedéu!!!! E eu brigando lá com as linhas guia!!! Muito legal, esses recursos facilitam demais mesmo.
Bem, nos exercícios 4 e 5 procurei utilizar o Transformations, mais o Shape, prá soldar umas partes...Mas não fiz nada em 2 minutos!!! E olha que ficaram umas arestas, linhas meio sobrepostas...
Posted Image
Posted Image

Viu só, tá um pouco tosco,,,utilizei umas "gambiarras", mas não usei as linhas guia. No exercício 4 começei pelo menor quadrado, aí fui aplicando ao duplicado com o transformation. Com a referencia dos quadrados pequenos dando as proporções fiz o quadrado maior. Prá fazer a continuação com aparencia sobreposta utilizei o shape (weld);
No exerc 5. utilizei as proporções (1:4) começando por um pequeno retangulo, depois fui emendando com o Shape as elipses nas proporções (2, 4,6...) com uma parte pronta compus o restante..
.
Ps...não sei se tô meio caolha, mas não parece que o exercício 4 provoca um efeito visual estranho? A parte superior do desenho parece extendida. :blink:

Com certeza vc vai nos contar uma forma mais facil de fazer isso né?? :)




IPB Skin By Virteq